O 18º Congresso Brasileiro de Sociologia acontece entre 26 e 29 de julho de 2017 em Brasília. O evento, organizado pela Universidade de Brasília (UNB) este ano tem como tema Que sociologias fazemos? Interfaces com os contextos locais, nacionais e globais aceita inscrições para os Grupos de trabalhos (GTs), apresentações no formato pôster e envio de documentários até 12 de dezembro.

A utilização de sociologias, no plural, visa a incentivar a discussão da multiplicidade de configurações teóricas, conceituais e metodológicas que perpassam a produção sociológica contemporânea, em distintos contextos sociais. Neste sentido, destaca-se a diversidade de questões sociológicas que vem sendo exploradas segundo, regiões, locais e países, bem como, as distintas trajetórias históricas no desenvolvimento das sociologias produzidas em diversos âmbitos nacionais.

A temática do 18º Congresso pretende também estimular a análise sobre as formas como vem se processando a constituição de um espaço transnacional de produção da sociologia, perceptível através do intenso fluxo de pesquisadores e de ideias, que se estendem para além das fronteiras nacionais e da realização de conferências e simpósios internacionais, com a participação de sociólogos de diferentes partes do mundo. A temática selecionada pelo Congresso visa, sobretudo, instigar a realização de trabalhos e da reflexão sobre a sociologia produzida no Brasil nos últimos anos e sobre sua inserção neste espaço internacional.

O Congresso busca analisar determinadas mudanças institucionais significativas ocorridas nas últimas décadas assim como seus impactos na produção sociológica contemporânea no país. A este propósito vale destacar, brevemente: a expansão dos programas de pós-graduação em sociologia em todo o território nacional; o recrutamento de uma nova geração de doutores, o deslocamento geográfico de jovens doutores em sociologia, o incremento da inserção internacional das novas gerações; a participação em redes transnacionais; o impacto do processo de mundialização da disciplina  na conformação do horizonte intelectual dos praticantes da sociologia no Brasil.
Calendário de Inscrições:

  • Inscrição online de propostas para trabalhos em GTs – até 12/12/2016
  • Inscrição online de propostas para o “Sociólogos do Futuro” – até 12/12/2016
  • Inscrição online de propostas de Mesas Redondas – até 10/01/2017
  • Envio dos Filmes Documentários – até 12/12/2016

Grupos de Trabalhos (GTs)

GT01     Teorias Sociológicas: Desafios Perenes e Questões Emergentes
GT02     Memória Social e Poder: os desafios contemporâneos
GT03     Sociologia e Imagem
GT04     Direito e Justiça em ação: desafios sociológicos
GT05     As cidades no século
GT06     Ocupações e Profissões
GT07     Fronteiras e Deslocamentos: o fazer sociológico nos espaços fronteiriços
GT08     Trabalhadores, Sindicatos e Ações Coletivas
GT09     Pensamento Social no Brasil
GT10     Biografia e Sociedade
GT11     Ensino de Sociologia
GT 12    Políticas Públicas
GT 13    Educação e Sociedade
GT 14    Saúde, Política e Sociedade
GT 15    Sociologia Econômica – Pluralismo de enfoques e inovação metodológica
GT 16    Economia Social e Solidária Alternativas de Trabalho e Mobilização Coletiva
GT 17    Sociologia da Arte
GT 18    Educação Superior na Sociedade Contemporânea
GT 19    Literatura e Ciências Sociais
GT 20    Religião, conflitos e questão de secularização
GT 21    Movimentos sociais rurais e Estado: conflitos territoriais e lutas por direitos e reconhecimento
GT 22    Movimentos Sociais Contemporâneos
GT 23    Sociologia da Cultura
GT 24    Ciência, tecnologia, inovação e desenvolvimento
GT 25    Cultura, crítica e democratização
GT 26    Conflitos Socioambientais
GT 27    Desigualdades e Estratificação: analisando sociedades em mudança
GT 28    Sociologia Histórica: rumos e diálogos atuais
GT 29    Governo, subjetividades e gestão de populações: mudanças e perspectivas nas periferias
GT 30    Migrações contemporâneas no Brasil. Novos fluxos, novas perspectivas sociológicas
GT 31    Trabalho, sindicalismo e associativismo docente
GT 32    Violência, crime e punição
GT 33    Família, Instituições e Poder
GT 34    Relações Raciais e Étnicas: Desigualdades e Políticas Públicas
GT 35    Juventudes, Velhices e Construções Identitárias
GT 36    Sociologia Clínica
GT 37    Violência, corpo e sexualidade: estudos feministas de gênero e/ou raça
GT 38    Sociologia do Esporte
GT 39    Sociologia Digital
GT 40    Violência, Polícia e Justiça no Brasil: Agenda de pesquisa e desafios teóricos-metodológicos
GT 41    Reconhecimento, justiça e desigualdade

Mais informação na página do 18º Congresso Brasileiro de Sociologia.

http://plataforma9.com/congressos/18-congresso-brasileiro-de-sociologia-divulga-grupos-de-trabalho.htm